Colagem-Ponto-3-Firmamento-d.jpg
Fórum de Uberlândia-MG
Virgínia Afonso Garcia Gonzaga

Virgínia Afonso Garcia Gonzaga

Orientação:

Maria Eliza Alves Guerra

2009/2

tcc

O presente Trabalho Final de Graduação em Arquitetura e Urbanismo
pretende avaliar as necessidades do Município de Uberlândia de ter uma nova
sede para o Fórum da Justiça Estadual ao fim da década dos anos 2000. De
maneira geral, o tema do trabalho está diretamente ligado às relações de
pertencimento e memória entre os cidadãos uberlandenses e os edifícios que
já abrigaram essa instituição.
Dessa forma, o trabalho divide-se, basicamente, em quatro partes: a
investigação sobre o tema, que analisa os aspectos históricos recorrentes
sobre o assunto desde a origem da Justiça até os aspectos que envolvem o
Fórum entre as décadas de 2000 e 2010; os estudos de caso, que são forte
referência nesse trabalho não somente pela qualidade estética dos edifícios
estudados, mas, também, pelas resoluções internas e preocupações
ambientais; o levantamento de dados, o qual investiga sobre a área escolhida
e seu entorno, suas potencialidades, pontos negativos e positivos e os
aspectos de legislação vigentes no município; e finalmente, o anteprojeto,
que engloba a concepção dessa nova proposta, uma vez que são
estabelecidos conceito e partido para o seu desenvolvimento, a análise do
programa de necessidades, o memorial descritivo/justificativo e o
desenvolvimento de pesquisas quanto aos sistemas estrutural, hidráulico,
elétrico, entre outros.
Diante do propósito da pesquisa para a elaboração deste projeto
arquitetônico, tal iniciativa parte da necessidade de novas instalações para
esta instituição, uma vez que o então atual edifício não mais comporta toda
a demanda de espaço que é necessária para o bom funcionamento das
atividades relacionadas à Justiça Estadual deste município.
Diante da real necessidade de construção desse novo edifício, o
Governo de Minas Gerais já possuía um projeto aprovado na Prefeitura de
Uberlândia e pronto a ser construído. Neste trabalho, sugere-se outra
proposta de projeto arquitetônico implantado no mesmo terreno onde o
projeto real foi efetivamente construído.
Assim, inicia-se uma pesquisa sobre o tema, a qual tem como objetivos
indispensáveis avaliar as necessidades do município, as expectativas da
população diante desta nova sede, o local onde ela deve instalar-se e quais
as consequências da presença desta instituição para a população local e para
seus futuros usuários.
Portanto, ao longo do desenvolvimento deste trabalho, foi possível a
realização da pesquisa sobre o tema de forma aprofundada. A partir dela, de
análises dos estudos de caso escolhidos como modelos para esse trabalho,
chegou-se a um estudo preliminar de projeto arquitetônico no primeiro
semestre do ano dedicado a este objetivo. Já ao fim do segundo e último
semestre, pode-se dizer que as expectativas iniciais do trabalho foram
alcançadas, uma vez que foi desenvolvido um trabalho intenso sobre a
dinâmica de um fórum, sobre aspectos construtivos, paisagísticos, de
urbanidade e, finalmente, com a proposta de um objeto de acolher os
moradores do Bairro Tibery e do encontro do usuário do Fórum com o “seu”
espaço. Além disso, são resgatadas memórias intrínsecas aos freqüentadores
daquela região e da população uberlandense em geral, em um espaço voltado
à Justiça, ao bem de todos e à igualdade

Add a Title
Add a Title
Add a Title
Add a Title
Add a Title
Add a Title

Virgínia Afonso Garcia Gonzaga

logo_faued_sem_fundo.png
logo-ufu.png